sábado, 4 de setembro de 2010

Comunicação, sentimentos, grunge e Shirley Manson


Sabe aqueles dias que você levanta com uma música na cabeça e não consegue esquecer de jeito nenhum?
Acordei com Until it Sleeps do Metallica, boa música por sinal.

Por falar em música, ela é uma das 5 coisas que mais unem pessoas.
No caso são música, sexo, cultura, bebida e interesses unilaterais.

Com meu amigo Andarilho comprovei boa parte disso.
Quando estávamos no bar discutindo sobre filmes, séries e afins, acabamos por conhecer alguns clientes do recinto.
A cultura pop vence novamente.
Encontramos velhos amigos aparentemente mudados, alguns até mais adultos.
Foi uma noite boa onde fizemos tudo que quisemos, falamos com quem quisemos e bebemos quanto pudemos.
"E esse é o barulho que me deixa acordado, minha cabeça explode e meu corpo dói", já dizia Shirley Manson.
E toda essa porra por causa de uma só palavra "comunicação".
Basicamente a mesma consiste em emissor, mensagem, meio, receptor e reação.
Só isso.
É algo tão simples e o pessoal não tem colhões(não clique, quem avisa amigo é) pra fazer tão simples ato.
Eu(nuco) geralmente não tenho colhões =/
Sou uma merda pra me comunicar.
Aí entra a cana (HOHOHO).
Álcool inibe os medos das pessoas, ou medos de pessoas.
Tudo fica uma magavilha.

Essa é a minha terceira tentativa de texto random essa semana, ta foda.
Agora comecei a lembrar de como começaram meus relacionamentos do estilo "ficada" e em grande parte deles, porra, eu tava away de mim mesmo o.o
E não, eu não me orgulho disso.
Quem lê esse blog e me conhece bem, sabe como anda o meu coração aviário.
Ouvir grunge não deixa você mais feliz.
Enfim, continuando.
Meu problema na questão de relacionamentos é a falta de comunicação.
3 meses pra conseguir um sorriso, mais 2 pra dar oi e 4 anos pra descobrir o nome.
Sou bundão nisso x.x
E sinceramente não sei porque to escrevendo isso.

Mudando de assunto.

Outro dia caminhei pelas ruas dessa estranha cidade com o Andarilho e vi uma coisa legal, uma margarida brotando entre as pedras da calçada.
Provavelmente ela não dure mais uma semana do jeito que as pessoas são descuidadas ou desligadas à natureza.


Voltando à programação normal...
Vocês escassos leitores, já se imaginaram como no Alasca se 75% do seu ano fosse noite e os poucos dias seriam de Sol fraco e vento frio?

Assim é minha vida sentimental.

Acho que grunge ta fazendo mal.
Vou ouvir Bloc Party!
Só fico feliz quando chove =[
Queria alguém que parecesse tão bem que eu iria querer partir o coração e dar o meu no lugar.

Certos dias eu me sinto igual à flor acima.
Sozinho tentando ser rox no meio de um bando de pedras x.x
Ser uma flor é uma bosta.

Um comentário:

  1. Encontrar essa flor, em meio a calçada, ao concreto em meio as pedras, foi muito simbólico. E cara, o mais legal, você que estava em sintonia com a natureza, você que notou ela.
    Podem até destruir a flor, mas nunca vão destruir a intensidade de encontrar vida.

    E eu cliquei nos links, mesmo vc avisando, obrigado por me proporcionar momentos de risos aehueahaeueahuea

    Abraços cara

    ResponderExcluir